Read some of the articles here in English. Look for the [English] sign.

09 fevereiro 2005

Ensino Doméstico se torna mais popular, mas não na Alemanha

Chuck Missler
da eNews de 25 de novembro de 2008
http://www.khouse.org (visit our website for a FREE subscription)


[English]

Os dias de reclamação contra a falta de socialização dos estudantes do ensino doméstico deveriam ter acabado. Não só os estudantes do ensino doméstico podem se envolver em uma larga variedade de atividades, de animadoras de torcida a hóquei no gelo, mas há até mesmo um Campeonato Nacional do Ensino Doméstico para times de futebol. Um campeonato nacional! No início deste mês o Greenville Upstate Homeschool Co-op Hurricanes ficou em segundo lugar, atrás da Summit Soccer Academy de Detroit.

O ensino doméstico tem feito muito progresso nas últimas décadas.

Não muito tempo atrás na América, o público em geral via o ensino doméstico com desconfiança. Naqueles dias, o direito dos pais de ensinar seus próprios filhos tornou-se tão largamente respeitado que uma gama de condados pelos Estados Unidos (não todos, mas muitos) ofereceu apoio flexível à famílias que quisessem aderir ao ensino doméstico. Os estudantes podem ter aulas de química ou física no ensino médio e cumprir o resto do seu currículo em casa. Somente um punhado de estados têm leis com altas exigências para estudantes do ensino doméstico, e cooperativas têm surgido onde o ensino doméstico é popular.

O mesmo não se pode dizer da Alemanha. Enquanto a queda do Muro de Berlim completa 19 anos este mês, algumas velhas idéias sobre o gerenciamento do estado sobre as crianças ainda permanecem. As famílias alemãs que escolhem o ensino doméstico, o fazem por sua conta e risco. Rosemary e Juergen Dudek foram sentenciados a 90 dias na prisão em julho porque ensinavam seus filhos em casa. Outras famílias têm enfrentado multas pesadas ou tiveram seus filhos tomados de si.

Os Gorbers:
Os pais alemães Johannes e Cornelia Gorber finalmente recuperaram a custódia completa de seus filhos no começo deste mês, depois que assistentes sociais apareceram em vans e levaram as crianças embora para orfanatos em janeiro. Foram 10 meses traumáticos para a família, enquanto eles lutavam para ficar juntos novamente.

De acordo com a Home School Legal Defense Association (HSLDA), a senhora Gorber apelou ao juís dizendo:

"Olhe para as crianças. Se o chamado isolamento e os relacionamentos 'só com a família' forem tão ruins, o sr. pode me explicar como, depois de 10 anos de ensino doméstico, eles têm se saido tão bem? Eles estão academicamente no nível de suas [novas] escolas. Seus professores estão todos satisfeitos com eles, e alguns estão até mesmo contentes com o trabalho deles, desejando que tivessem mais alunos como eles. Nossas crianças não têm problemas com drogas, álcool, cigarros ou outros vícios que vemos em tantas crianças hoje em dia. Então, para qeo sr. quer controlar nossos filhos? "

O juiz exigiu que as crianças todas permaneçam em escolas públicas de agora em diante e disse que o filho pequeno dos Gorber de 3 anos precisaria ser matriculado em uma creche, mas não determinou que os assistentes sociais continuem envolvidos. Os pais estão felizes simplesmente de ter seus filhos de volta.

Os Romeikes
Outra família alemã recentemente decidiu deixar sua casa em Bissingen, Alemanha, e fugir para os Estados Unidos para proteger seus filhos das autoridades alemãs. A HSLDA entrou com um pedido de asilo político para Uwe e Hannelore Romeike e seus seis filhos, que agora estão morando no Tennessee.

"Nós amamos morar no Tennessee. É tão bonito, e a liberdade que temos de ensinar nossas crianças em casa e maravilhosa", disse a sra. Romeike "Nós não temos que nos preocupar mais de olhar para trás, imaginando quando os agentes do bem-estar da juventude aparecerão ou quanto dinheiro teremos que pagar de multas."

Os Romeikes ainda têm que esperar para ver se seu pedido de asilo será aprovado. O Departamento de Justiça relata que somente quatro de cada vinte pedidos da Alemanha foram concedidos no ano passado.

Deus nunca deu a governos humanos a responsabilidade de criar filhos. Essa tarefa permanece diretamente sobre os ombros dos pais. Os pais precisam se agarrar aos seus direitos e não desistir deles somente porque alguém lá fora acha que a tribo pode fazer melhor. Um governo que penaliza pais por ensinar seus próprios filhos é um governo que nega aos seus cidadãos os direitos humanos básicos.

Eis que os filhos são herança da parte do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão. Como flechas na mão dum homem valente, assim os filhos da mocidade.
Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, quando falarem com os seus inimigos à porta. S
almos 127.3-5

Links Relacionados:

Judge Returns Custody of Children, But Orders Them into Public School - HSLDA
HSLDA Files Asylum Application for German Homeschool Family - HSLDA
Homeschooling State Laws - HSLDA
Homeschool Hurricanes Finish 2nd in Nationals - The Greenville News
The Myth of Socialization - Koinonia House

Um comentário:

Rúben disse...

Tenho um filho a estudar num colégio que promove o regime do ensino doméstico.
Estamos a tentar obter alguma ajuda para promover e desenvolver este tipo de ensino. Para isso necessitamos de apoios de organismos estatais ou particulares.
A minha pergunta vai no sentido de saber se por acaso não conhecem algum contacto para este tipo de apoios. O meu email: ruben_lima@msn.com.
Muito obrigado!!